Tratamento precoce de classe III com magnetos-nova abordagem baseada os dados cefalometricos da população miscgenizada do grande Recife

Justificativa
A classe III denominada promentonismo ,uma anomalia facial caracterizada por um avenço mandibular na sua relação com a maxila provocando problemas funcionais e estéticos. Está relacionada com problemas de crescimento facial ,segundo FRANKEL SOB AÇAO DE FATORES G ENETICOS E EPIGENETICOS. As Ricketts said concerning early treatment: The crux of the dilemma is the failure to recognize complete maxillary orthopedics in the three planes of space

A partir da pesquisa realizada em Estudo da população miscigenada do grande Recife/PE – Revista Sopeo v.4 1998 através da analise de Ricketts concluímos medidas especificas para esta população e seu potencial de crescimento miscigenizado      . O padrao facial predominate meso dolico
com números diferentes dos de Ricketts.

Objetivo     analisar os resultados do tratamento    precoce da clsse III com magnetos de acordo com os dados  cefalometricos da população miscgenizada o grande Recife.

 

 

Bibliografia

A relação entre a força e a separação de ímãs em miniatura utilizados na odontologia.Darvell BW 1 , dourando BH
2 .
Ancoragem absoluta intra-maxilar e intermaxilar com implante dentário endósseo e ímãs de terras raras .

Uribe F 1 , Nanda R .
Efeitos da vibração do campo eletromagnético pulsado no movimento dentário induzido por forças magnéticas e mecânicas: um estudo preliminar.Darendeliler MA 1 , Zea A , Shen L , Zoellner H

As propriedades de força-distância de atração de acessórios magnéticos para movimentação dentária em combinação com alinhadores sequenciais clarosPhelan A, Petocz P, Walsh W, Darendeliler MA.ust J Orthod . 2012 Nov; 28 (2): 159-69.

Avaliando a força integrada induzida por ímãs e elásticos de alta qualidade em aparelho fixo ortodôntico.

Hou ZM 1 , Chang X , Dai X , Ai HJ , Yao G , Wen JL .

Sistemas integrados de força magnética e elástica.Bourauel C 1 , Köklü SO , Vardimon AD .

Discrepância entre a densidade de fluxo de campo reivindicada de alguns ímãs disponíveis no mercado e as medições reais dos medidores gauss.Blechman AM 1 , Oz MC , Nair V , Ting W .

ntrusão de molares excedidos por corticotomia e ímãs .Hwang HS 1 , Lee KH .

Análise tridimensional de força e momento de aparelhos magnéticos repulsivos para corrigir o excesso vertical dentofacial.vardimon AD 1 , Bourauel C , Drescher D , Schmuth GP .

Estudos sobre redução da força repelente de ímãs de terras raras – referente à intrusão dentária.Kitsugi A 1 .

Aparelho magnético ortopédico funcional (FOMA) III – modus operandi.Vardimon AD 1 , Graber TM , Voss LR , Muller TP .

Expansão magnética versus mecânica com diferentes limites de força e pontos de aplicação de força.        vardimon AD 1 , Graber TM , Voss LR , Verrusio E .

 

STIFICATIVAUm novo aparelho ortopédico magnético no tratamento de pacientes esqueléticos leves pré-adolescentes da classe III

[Artigo em chinês]

Zhao N 1 , Feng J , Hu Z , Chen RJ .

OBJETIVO:

Este estudo teve como objetivo desenvolver um aparelho ortopédico intraoral Classe Ⅲ usando forças magnéticas atraentes e investigar o efeito do aparelho ortopédico magnético (MOA-Ⅲ) nas estruturas esqueléticas e dentárias em crianças classe esquelética leve .

superiores serviram como grupo controle. O pacote de software SPSS15.0 foi utilizado para análise dos dados.

RESULTADOS:

O MOA-Ⅲ produziu mudanças positivas significativas na relação maxilomandibular. A maxila foi deslocada anteriormente com rotação no sentido horário. A mandíbula mostrou ligeira rotação para baixo e para trás. Não foram exibidas alterações significativas no comprimento do corpo mandibular e do ramo mandibular. A inclinação labial significativa dos incisivos superiores e a lingual dos incisivos inferiores foram observadas após o tratamento. A medida dos tecidos moles indicou que o lábio superior avançou e o lábio inferior retrocedeu para trás. No grupo controle, a maioria das medidas cefalométricas não sofreu alterações significativas, exceto em algumas medidas esqueléticas mandibulares e nos tecidos moles.

CONCLUSÕES:

Ao comparar com o controle não tratado, esse tipo de aparelho ortopédico magnético é eficaz no tratamento precoce de crianças com má oclusão esquelética de Classe mild leve .
Protocolo de tratamento precoce para má oclusão esquelética de Classe III .

Oltramari-Navarro PV 1 , de Almeida RR , Conti AC , Navarro R L , de Almeida MR , Fernandes LS .

s efeitos da protração maxilar e sua estabilidade a longo prazo – um ensaio clínico em adolescentes chineses.

Chen L 1 , Chen R , Yang Y , Ji L , Shen L .

Efeitos da protração maxilar na correção precoce da má oclusão de classe III .

Celikoglu M 1 , Oktay H .
Correção de uma má oclusão grave de Classe III .

Estabilidade de alterações esqueléticas após tratamento ativador de pacientes com má oclusão de classe III .

Satravaha S, Taweesedt N.


Análise de coordenadas de forma e tensor das alterações esqueléticas em crianças com más oclusões de Classe III tratadas .

Baccetti T, Franchi L
Uma comparação retrospectiva do tratamento com aparelho funcional de más oclusões de Classe III nas dentições decíduas e mistas.

Baccetti T 1 , Tollaro I .
O tratamento dos problemas de classe III começa com o diagnóstico diferencial de mordidas cruzadas anteriores.

Ngan P 1 , Hu AM , Campos HW Jr .
Crescimento facial da má oclusão esquelética de Classe III e os efeitos, limitações e adaptações dentofaciais de longo prazo à terapia com chincap .

Sugawara J 1 , Mitani H .