Tratamento de pacientes de apnéia obstrutiva do sono com aparelhos orais..–nossas experiências.

26/08/2015 0 Por lbotler

Tratamento de pacientes de apnéia obstrutiva do sono com aparelhos orais..–nossas experiências.

D Miljus, Tihacek-Soji? L, décima-Lemi? um, Andjelkovi? M. Vojnosanit Pregl. Julho de 2014; 7:623-6.

Objetivos

Apnéia obstrutiva do sono (OSA) é um dos mais prevalentes dos distúrbios de sono.

É reconhecido como  um fator de risco cardiológico e   derrame.
O objetivo deste estudo foi examinar a eficácia dos aparelhos orais para avanço mandibular no tratamento de leve a moderada OSA.

MÉTODOS:

Um total de 15 pacientes foram incluídos neste estudo, todos diagnosticados com OSA ligeira ou moderada.
Aparelhos orais foram personalizados para cada paciente em posição cêntrica em 50% do máximo avanço mandibular. Os pacientes receberam instruções para não dormir de costas e evitar o consumo de álcool durante o estudo, como estes são os fatores que podem contribuir para a progressão de sintomas.

RESULTADOS:

Sucesso total e parcial do tratamento era alcançar em 14 dos pacientes. Valores de índice de apneia-hipopneia foram significativamente inferior (p < 0,05) no final de um período de observação de 6 meses em comparação com aqueles do início do tratamento.
Foi observada uma grande melhora nos sintomas, com valores de índice de Sonolência diurna significativamente reduzidas já no primeiro mês de tratamento.