Privação de sono começa na infância

29/06/2016 0 Por lbotler

Folha de S.Paulo – 2004

Pela primeira vez, a Fundação Nacional do Sono (EUA) inclui, em sua pesquisa anual, hábitos de sono de crianças. Os números, divulgados no mês de março, mostram que os pequenos, como os adolescentes, estão dormindo menos do que o mínimo recomendado pelos especialistas. Dos três aos 11 meses, dormem cerca de 12,7 horas (confira, ao lado, a recomendação médica); de um a dois anos e 11 meses dormem, em média, 11,7 horas; dos três aos seis anos, a média cai pra 10,4 horas; dos seis aos dez anos, as crianças dormem cerca de nove horas e meia.

Problemas freqüentes de sono aparecem em dois terços das crianças pesquisadas. E os mais comuns são dificuldade de adormecer, sonambulismo, ronco e problemas respiratórios.

A pesquisa também aponta os hábitos infantis que favorecem a privação parcial do sono:

* 26% das crianças entre três e dez anos bebem pelo menos uma bebida cafeinada por dia e dormem três horas e meia semanais a menos do que aquelas que não consomem nenhum cafeinado;

* 40% da população em idade escolar tem TV no quarto e sofre uma perda semanal de mais de duas horas de sono em relação às crianças que não têm o aparelho no quarto.