Controle da respiração

06/03/2018 0 Por lbotler

Fonte: www.cliffsnotes.com

Respiração é controlada por estas áreas do cérebro que estimulam a contração do diafragma e os músculos intercostais. Nestas áreas, chamadas coletivamente respiratórias centros, são resumidas aqui:

O centro inspiratório medular, localizado a medula espinhal, gera rítmicos impulsos nervosos que estimulam a contração dos músculos inspiratórios (diafragma e músculos intercostais externos). Normalmente, a expiração ocorre quando estes músculos relaxam, mas quando a respiração é rápida, o centro inspiratório facilita a expiração, estimulando os músculos expiratório (músculos intercostais internos e os músculos abdominais).

A área de pheumotaxica, localizada na ponte, inibe o centro inspiratório, limitando a contração dos músculos inspiratórios e impedindo os pulmões de se sobreinflar.

A área de apneustica, também localizada na ponte, estimula o centro inspiratório, prolongando a contração dos músculos inspiratórios.

Os centros respiratórios são influenciados por estímulos provenientes dos seguintes três grupos de neurônios sensoriais:

Quimiorreceptores centrais (os nervos do sistema nervoso central), localizados na medula oblongata, monitorar a química do líquido cefalorraquidiano. Quando o CO 2 do plasma entra o líquido cefalorraquidiano, forma HCO 3- e H + e o pH das gotas de fluido (torna-se mais ácido). Em resposta à diminuição do pH, os quimiorreceptores centrais estimulam o centro respiratório para aumentar a taxa inspiratória.

Quimiorreceptor periférico (nervos do sistema nervoso periférico), localizado na aorta corpos na parede do arco aórtico e carótida corpos nas paredes das artérias carótidas, monitorar a química do sangue. Um aumento do pH ou pCO 2, ou uma diminuição em pO 2, faz com que estes receptores estimular o centro respiratório.

Receptores de estiramento de nas paredes dos brônquios e bronquíolos são ativados quando os pulmões expandir seu limite físico.

Estes receptores do sinal do sistema respiratório para descontinuar a estimulação dos músculos inspiratórios, permitindo que a expiração começar. Esta resposta é chamada o reflexo da inflação (Hering‐Breur)